ARUANÃ
Nome científico: Osteoglossum Bicirrhosum

Família Osteoglossidae, de peixes caracterizados por grandes escamas duras como o Pirarucu. O termo "Osteoglossum" significa "língua óssea" e "bicirrhosum" significa duas "duas barbas". Características: Corpo achatado lateralmente, cinzento-prateado no dorso e ventre amarelado coberto de grandes escamas. Boca em abertura quase vertical e mento com dois barbilhões curtos. Nadadeiras dorsais e anais na parte posterior do corpo. Nada logo abaixo da superfície com os barbilhões projetados para frente, mas a função dos barbilhões ainda é desconhecida. Em águas pouco oxigenadas, os barbilhões podem ser utilizados para conseguir oxigênio na superfície da água. A espécie se reproduz durante a enchente e apresenta cuidados parentais, onde os machos guardam os ovos e larvas na boca.

 
Pode atingir 1m de comprimento e pesar até 6 kg. Na época da desova suas escamas adquirem coloração avermelhada. Nativos das Bacias: Amazônica e Araguaia-Tocantins,habitando a beira dos lagos, ao longo dos igapós ou dos capins aquáticos, sempre à espreita de insetos (principalmente besouros) e aranhas que caem na água. Alimenta de pequenos peixes e principalmente de insetos. É provavelmente o maior peixe do mundo cuja dieta é constituída principalmente por insetos e aranhas. O aspecto mais característico do comportamento alimentar do aruanã é a habilidade de saltar fora dágua e apanhar as presas ainda nos troncos, galhos e cipós. Um indivíduo adulto pode saltar mais de 1 metro fora dágua, para capturar suas presas.
 
Equipamentos: varas médias, linhas 12, 14 e 17lb e anzóis nº 2, 1 e 1/0. Iscas Naturais: Pequenos peixes, camarões e principalmente insetos. Artificiais: Pequenos plugs de superfície (zaras) ou meia água, streamers, colheres e os Popper e diver no fly fishing.
 
Quando e onde pescar: o ano todo, durante o dia, com mais freqüência em rios de água branca e beiras de lagos com vegetação e mata inundada. Além da emoção que proporcionam, as iscas artificiais de superfície estão entre as mais eficazes para atrair e levar o aruanã ao ataque.  O aruanã costuma dar saltos espetaculares quando capturado, e o pescador precisa ter muita atenção ao retirar a isca do peixe para não se ferir. Com a utilização de óculos polarizados, além de proteção é possível pescá-los visualmente, principalmente na boca e no interior de lagos.
+55 (11) 2567-6801
+55 (11) 99945-7300
+55 (11) 99716-2352
Ou entre em contato via: amazonsportfishing E-MAIL: reservas@asf.tur.br